Início Site

PIS: O que é, quem tem direito e como consultar

0

O PIS, também conhecido como Abono Salarial é um benefício que boa parte dos trabalhadores de carteira assinada têm direito. Contudo, muita gente não faz ideia do que ele é e como sacar esse benefício.

E em função disso, o número de brasileiros que deixam de receber uma quantia de até um salário mínimo, e que pode fazer toda a diferença nas finanças, só cresce. Por isso, nesse post vamos explicar do que se trata o PIS, como saber se você tem direito a esse benefício, e como efetuar o saque.

Confira!

O que é o PIS?

PIS nada mais é do que uma sigla para Programa de Integração Social (PIS). Essa é uma iniciativa criada através da Lei Complementar n° 7/1970.

O objetivo do Programa é integrar o trabalhador ao desenvolvimento da empresa e com o setor de empresa de modo geral.

E dentro desse programa um dos benefícios concedidos é o abono salarial, que é popularmente conhecido apenas por PIS.

Nesse benefício, o trabalhador recebe anualmente um valor que pode chegar até um salário mínimo, conforme os dias trabalhados no ano de base.

Quem tem direito ao PIS?

Para receber o abono salarial o trabalhador deve ter trabalhado ao menos 30 dias no ano de base. Ou seja, para receber em 2020 você precisa ter trabalho ao menos um mês registrado em 2019.

Além disso, por ser um benefício voltado para pessoas de baixa renda, ele é concedido para quem ganha até dois salários mínimos. O contribuinte também precisa estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos.

Outro requisito obrigatório é que os dados relacionados ao vínculo de trabalho devem ter sido enviados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano de base, dentro prazo estabelecido pelo Ministério do Trabalho.

E quanto as cotas PIS?

As cotas PIS são diferentes do abono salarial. Na verdade, elas dizem respeito aos créditos depositados pelos empregadores no Fundo PIS/PASEP, entre o período de 1971 e 1988.

Normalmente esses valores são liberados no momento que a pessoa se aposenta. Contudo, muitos trabalhadores ainda têm direito a sacar esse benefício, que pode ser consultado diretamente no site da Caixa Econômica Federal.

Como consultar o PIS online?

O PIS pode ser consultado diretamente no site da Caixa Econômica Federal, que é responsável por gerenciar esse benefício. No caso do primeiro acesso, é necessário fazer um cadastro na plataforma.

E para isso você deve seguir os passos abaixo:

  1. O primeiro passo é que você acesse o site da Caixa Econômica Federal através desse link;
  2. Em seguida você precisará digitar o número do seu CPF ou NIS/PIS;
  3. Clique em Não Sou um Robô para fazer a verificação de segurança;
  4. Agora clique na opção Cadastrar/Esqueci senha;
  5. Uma nova janela irá se abrir com os termos e condições de uso. Leia com atenção e depois clique em Aceito;
  6. Um formulário de inscrição irá aparecer na sua tela. Preencha os campos indicados com os dados solicitados;
  7. Clique em Confirmar;
  8. Nessa etapa do processo será necessário criar uma senha de até 8 dígitos. O ideal é que você não use dados pessoais, como datas de aniversário, e também não utilize senhas sequenciais, como 1234 ou ABCD;
  9. Repita a senha no campo indicado;
  10. Aguarde enquanto o sistema finaliza o seu cadastro.

Depois que você criar a sua senha é só acessar novamente o site e informar seu login e senha. Em seguida, clique na aba de PIS, nela você poderá verificar todas as informações sobre o seu abono salarial, desde quanto há disponível até o dia em que ele será liberado.

Outras formas de consultar o PIS

Além do portal da Caixa Econômica Federal, existem outras formas de você consultar o PIS. Uma delas é através do telefone.

Para isso, basta ligar para o número 0800 726 0207, que é da Central de Atendimento do Banco. Mas, importante, antes de efetuar a sua ligação sempre tenha em mãos o seu CPF, RG e carteira de trabalho.

Isso porque, ao longo do atendimento algumas informações serão solicitadas.

Você também pode fazer esse tipo de consulta pelo Aplicativo da Caixa. Ele está disponível de forma totalmente gratuita para dispositivos iOS e Android.

Para baixar, é só acessar a loja de aplicativos do seu celular e procurar por Aplicativo Caixa Trabalhador. Além de saber informações sobre o abono salarial, você também pode consultar dados sobre o seguro desemprego e outros benefícios.

Como sacar o PIS?

Antes de qualquer coisa, sempre consulte o seu benefício em um dos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal. Neles, é possível saber tanto o valor disponível, como, também, o dia de pagamento.

Além disso, anualmente o banco também disponibiliza um calendário de pagamentos no seu portal. Nele, é possível conferir as datas de liberação conforme o mês de aniversário do contribuinte.

Existem várias formas de você sacar o valor desse benefício. No caso dos trabalhadores que possuem o Cartão Cidadão e a senha dele, é possível sacar tanto nos terminais de autoatendimento do Banco, como, também, nos Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas.

Para quem ainda não possui esse cartão, é possível ir diretamente em uma das agências bancárias da Caixa Econômica Federal com um documento oficial de identificação e o número do PIS. O trabalhador poderá sacar diretamente em um dos balcões de atendimento.

Além disso, também já é possível aproveitar para solicitar o cartão e cadastrar a senha dele, facilitando assim os próximos saques.

Já no caso de quem é correntista da Caixa Econômica Federal, o valor do benefício é depositado diretamente na conta. Para isso, basta que ela tenha movimentação nos últimos meses e saldo mínimo de R$1,00.

Conclusão

O PIS é um direito do trabalhador que atua de carteira assinada e que atende os requisitos do programa. Por isso, não deixe de ficar de olho todos os anos para os dias de liberação. Assim você receberá um valor extra anualmente para utilizar da forma que desejar.

FGTS Emergencial R$ 1.045,00 pode ajudar a compor a renda

0
FGTS Emergencial 1045
FGTS Emergencial 1045

O Fgts Emergencial é mais uma das atitudes do Governo para tentar combater a crise gerada pela pandemia que estamos vivendo.

Como já fez algumas vezes nos últimos anos o governo pretende liberar uma nova rodada de saque do FGTS, chamada de FGTS Emergencial.

Quando vou poder sacar o FGTS Emergencial?

Mês de nascimentoCrédito em contaSaque ou transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro

Qual o valor liberado para o Saque Emergencial?

O valor máximo de saque ficou estipulado em R$ 1.045,00 para quem ainda tem valores disponíveis no FGTS. Ou seja, se você já sacou tudo, não terá direito a novos saques.

Como faço para saber se tenho direito ao FGTS Emergencial de R$ 1045,00?

FGTS Emergencial 1045
FGTS Emergencial 1045

Abaixo vamos colocar para vocês algumas opções de como podem realizar a consulta ao seu saldo do FGTS, desta forma, você pode incluir esse valor a receber no orçamento de vocês.

Fazer a senha do FGTS usando CPF

Todo o contribuinte precisa ficar de olho nas movimentações do seu fundo de garantia. Você pode fazer isso nos caixas eletrônicos da Caixa, tendo em mãos o cartão do cidadão. Contudo, também é possível fazer essa consulta via site ou app.

senha-do-fgts-consultar-fgts-online
Consultar o saldo do FGTS online

Mas antes é necessário criar uma senha do FGTS. Para isso basta seguir o passo a passo abaixo.

  • Acesse o site Caixa FGTS;
  • Agora, digite os dados do seu CPF, E-mail ou o NIS. Você pode encontrar o número do NIS na sua CTPS ou então no Cartão Cidadão. Também é possível consultar esse número nos últimos extratos do seu fundo de garantia;Feito isso, clique na alternativa “cadastrar senha”, caso você já tenha cadastro basta digitar os seus dados e clicar em “Acessar”;
fgts-novo-cadastro-acesso-senha
Cadastro da senha do FGTS

 

  • Uma nova janela irá abrir e nela estará presente o Contrato referente a Prestação de Serviço ao Cidadão. Nesse caso, você deve ler e depois clicar em Aceito.
fgts-cadastro-acesso-senha
FGTS Cadastro de senha passo a passo
  • Depois, você será encaminhado para uma nova janela onde terá que informar os seus dados pessoais;
  • Uma vez que você tenha preenchido todos os dados para criar a senha do FGTS, clique em “continuar”;
  • Agora é que você irá efetivamente criar a sua senha do FGTS. Ela precisa ser colocada nos dois campos indicados, e precisa seguir os seguintes requisitos: ter no mínimo 6 e no máximo 8 caracteres; ser uma mistura de letras (maiúsculas ou minúsculas) e números;
  • Clique no botão “confirmar”.

Pronto! Agora você já tem a sua senha do FGTS. O ideal é que você guarde essa informação com segurança, pois você precisará dela sempre que precisar consultar FGTS da caixa.

Como consultar o saldo do FGTS pelo CPF?

Usando o site para consultar o FGTS pelo CPF:

Agora que você tem a sua senha do FGTS em mãos, é possível consultar o seu extrato através do site da Caixa Econômica Federal. Para isso, é necessário seguir o passo a passo abaixo.

  1. Acesse o site Caixa FGTS;
  2. Agora, digite os dados do seu CPF, E-mail ou o NIS – Número de Identificação Social. Você pode encontrá-lo no seu cartão do cidadão, carteira de trabalho ou extratos anteriores do fundo de garantia;
  3. Digite a sua senha do FGTS;
  4. Clique em OK;
  5. Você será redirecionado para uma nova janela;
  6. Clique na aba FGTS;
  7. Escolha a opção extrato.

Consultando o FGTS pelo site, você poderá verificar todo o histórico de depósitos feito na sua conta, bem como o saldo atual dela. Dentro dessa plataforma você também poderá ter acesso a uma série de outros serviços, inclusive a consulta de PIS.

Usando o aplicativo Caixa FGTS para tirar extrato do fundo de garantia

Se você quer ainda mais facilidade para controlar o seu fundo de garantia, saiba que você pode usar a sua senha do FGTS para acessar o aplicativo da Caixa FGTS. Você só precisa seguir o tutorial abaixo:

  1. Acesse a app store do seu smartphone e procure pelo aplicativo Caixa FGTS;
  2. Baixe o app e instale no seu aparelho;
  3. Abra o aplicativo no seu celular e o número do seu NIS (PIS/Pasep) e a senha do FGTS. Se você não tiver a senha de internet, também é possível usar a senha do Cartão Cidadão;
  4. Agora, será necessário atualizar seu endereço;
  5. Para isso, você precisa selecionar o menu do app, que pode ser encontrado no canto superior esquerdo do seu smartphone;
  6. Em seguida clique em “Atualizar endereço”;
  7. Digite o seu CEP e então toque em “salvar endereço”;
  8. O próximo passo é fazer o login novamente.

Através do aplicativo, além de verificar o saldo FGTS, você também poderá ver qual a agência da Caixa está mais perto de você, bem como atualizar dados cadastrais. Tudo isso de forma simples, fácil e gratuita.

Como recuperar a Senha do FGTS?

Se por acaso você perder a Senha do FGTS, é possível recuperá-la através do aplicativo. Para isso, será necessário informar o seu NIS (PIS/Pasep). O aplicativo pedirá para você confirmar os seus dados pessoais.

Basta informar o seu RG (sem o último digito) e o nome completo da sua mãe (como está na Carteira de Trabalho). Em seguida, você poderá criar uma nova senha do FGTS. Lembre-se das regrinhas ditas anteriormente para que ela seja aceita.

senha-do-fgts-evite-filas-consulte-fgts-online
Consulte online o saldo do FGTS

Agora que você já sabe como criar seu acesso e a senha do FGTS, ficará mais fácil acompanhar as movimentações da conta do seu fundo de garantia.

Quer mais informações sobre esse benefício? Então não deixe de acompanhar as nossas postagens.

 

Consultar Auxílio Emergencial

0
Calendário de pagamento auxílio emergencial
Calendário de pagamento auxílio emergencial

Governo disponibiliza site para consulta do Auxílio Emergencial. Neste site você pode conferir o detalhamento do seu pedido, sabendo em que passo ele está dentro do processo de aprovação.

No site você irá fornecer os seguintes dados:

  1. Seu CPF
  2. Seu Nome Completo
  3. Nome completo da sua mãe
  4. Data de nascimento

Com esses dados o sistema irá buscar tudo que tem sobre o seu Auxílio Emergencial.

Nesta busca o sistema irá informar o detalhamento da sua solicitação com detalhes. Por exemplo, em que data foi recebido o pedido, quando os dados foram enviados entre a Caixa para a Dataprev, além de qualquer motivo caso o seu auxílio seja negado.

Caso você tenha enviado uma nova solicitação após o seu pedido ser negado, neste site, você irá acompanhar o resultado dessa segunda analise.

Abaixo vamos demonstrar algumas informações que conseguimos coletar sobre esse novo site de consulta do auxílio com a dataprev.

1 – Site Dataprev Consulta Auxílio Emergencial:

Site Consulta Auxílio Emergencial
Site Consulta Auxílio Emergencial

2 – Consulta Auxílio Emergencial Aprovada:

Consulta Auxílio Emergencial Aprovado detalhes
Consulta Auxílio Emergencial Aprovado detalhes
Consulta Auxílio Emergencial Aprovado
Consulta Auxílio Emergencial Aprovado

 

3 – Como fica o sistema quando você faz uma segunda analise ou pede uma contestação:

 

 

Consulta Auxílio Emergencial Segunda Analise
Consulta Auxílio Emergencial Segunda Analise

4 – Consulta Auxílio Emergencial em processamento:

Para consultar as informações que demonstramos acima vocês devem acessar o site:

https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/

Através dele você irá ter um detalhamento maior sobre o andamento do seu benefício.

Caso você tenha outros problemas relacionados ao seu auxílio você pode consultar os artigos abaixo:

1 – Aplicativo Caixa TEM

2 – Principais erros no cadastro do Auxílio Emergencial

3 – Como solicitar o Auxílio Emergencial

4 – Benefício em Analise

5 – Consulta Auxílio Dataprev

 

Caixa TEM – Como funciona o aplicativo

0

Caixa TEM é o novo aplicativo da Caixa Econômica que tem a intenção de facilitar seu acesso ao Auxílio Emergencial e a variadas transações bancárias.

A ideia principal do Caixa TEM é facilitar o acesso as pessoas que estão recebendo o seu Auxílio Emergencial.

Com este app você consegue fazer movimentações bancárias, consultar saldos e extratos, consultar o Auxílio Emergencial, informações do FGTS, PIS e Seguro desemprego.

Os valores de movimentação no aplicativo tem o limite de até R$ 1.000,00 por dia, dividido entre todas as transações, que tem valores específicos para transferências e pagamentos.

Outro ponto importante é a possibilidade de uso com a conta Poupança Social Digital, que é uma das formas de receber o auxílio para pessoas que não tem conta corrente em outros bancos.

Neste primeiro momento o aplicativo Caixa TEM só está disponível para pessoas que são beneficiários do Auxílio Emergencial, conforme mostra a imagem abaixo:

Imagem APP gmail

Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo

 

Uma coisa que precisa ficar clara é que o Aplicativo Caixa TEM deve ser usado após o cadastro no benefício, com a ideia de consulta e movimentação da conta.

Para baixar o aplicativo para celular você deve acessar um dos links abaixo:

Baixar para Android

 

Baixar para IOS (Iphone)

 

Além das informações que já repassamos outros pontos importantes do aplicativo são:

– Facilidade de Acesso: Basta acessar com seu CPF e criar uma senha de 6 dígitos;

– Simples de usar: Você usa o aplicativo como se estivesse em um bate papo;

– Instalação leve e rápida;

– Não precisa de um celular potente para rodar por ser leve e exigir pouco do aparelho;

– Pouco uso de dados;

– Funciona mesmo em locais com conexões 2G ou ruins.

Conheça a interface e algumas funções dos aplicativos:

Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo

 

O governo está fazendo um grande esforço para que a pandemia tenha menos impacto possível na vida das pessoas e ações como essa facilitam o acesso das pessoas aos bancos por meio da internet, evitando aglomerações e reduzindo riscos nesses momentos.

Caso você tenha problemas para acessar o aplicativo você deve verificar o seu cadastro no Auxílio Emergencial está correto ou se está com problemas.

Caixa Tem aplicativo
Caixa Tem aplicativo

Caso você tenha dúvidas ou problemas relacionados ao Auxílio emergencial você pode usar um dos links abaixo:

Cadastro e Consulta no Auxílio Emergencial

Solução de erros no cadastro do Auxílio Emergencial

Coronavírus – COVID-19 – Tudo que você precisa saber

0

Neste artigo nós vamos colocar de forma prática tudo que é relevante e importante sobre o Coronavírus – COVID-19 e qual é a situação atual do Brasil sobre a infecção do Coronavírus. Acompanhe os dados abaixo e entenda melhor o que é o Coronavírus, como o Coronavírus é transmitido, quais são os sintomas e cuidados que você deve ter com relação a esse vírus.

O que é o Coronavírus?

Coronavírus é o nome de uma família de vírus que têm um formato de coroa. Eles são causadores de infecções respiratórias e já provocaram outras doenças, essas doenças são conhecidas como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

A doença causada pelo novo coronavírus recebeu o nome de Covid-19. Ele foi descoberto no final de dezembro de 2019, na China. A primeira morte foi registrada em 9 de janeiro.

corona-virus

Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/02/27/o-que-se-sabe-e-o-que-ainda-e-duvida-sobre-o-coronavirus.ghtml

Como acontece a transmissão do Coronavírus?

Por meio de três formas:

  • Por vias respiratórias, como pelo ar e por gotículas provenientes de espirros e da fala de indivíduos infectados;
  • Por contato físico, como beijos e abraços;
  • Por meio do contato de superfícies contaminadas, como segurar em corrimão, por exemplo.
  • Outras formas de transmissão ainda estão sendo analisadas, mas não tem confirmação oficial pelas autoridades responsáveis.

Quais são os sintomas do Coronavírus?

Tosse seca, febre e cansaço são os principais sintomas, mas alguns pacientes também podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia.

Nos casos mais graves, que geralmente ocorre em pessoas que já tenham outras doenças associadas, há síndrome respiratória aguda e insuficiência renal.

Em algumas pessoas os sintomas não se manisfestam, mas a pessoa pode transmitir o vírus para outras pessoas, mesmo sendo assintomático.

Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/02/27/quanto-tempo-o-novo-coronavirus-vive-em-uma-superficie-ou-no-ar.ghtml

Prevenção do Coronavírus:

Higienizar as mãos e superfícies, como móveis e corrimão, são as principais formas de se prevenir contra o novo coronavírus. É preciso:

  • Lavar as mãos com água e sabão ou álcool gel, mas nunca apenas com água;
  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos;
  • Mesmo com as mãos limpas, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

Como é feito o tratamento para o Coronavírus?

Não existe tratamento específico contra o Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. Os pacientes infectados recebem tratamento para aliviar os sintomas.

Segundo o Ministério da Saúde, o tratamento indicado é repouso e consumo de bastante água. As medidas adotadas para aliviar os sintomas são:

  • Medicamentos para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).
  • Umidificador no quarto ou banho quente para aliviar a dor de garanta e tosse.

Ainda não há vacina disponível. A Coalizão de Inovações em Preparação para Epidemias (Cepi) – grupo internacional para o controle de doenças – anunciou um fundo para apoiar três programas de desenvolvimento de vacinas contra o 2019-nCoV, o novo coronavírus. A Rússia também informou que busca uma vacina para o vírus. Um grupo de cientistas americanos anunciou que deve começar a testar as vacinas em três meses.

Quais produtos podem me ajudar na prevenção ao Coronavírus?

O novo coronavírus pode ser morto por produtos de limpeza desinfetantes de fácil acesso, como álcool 70%, água sanitária e até com a combinação de água e sabão.

“O vírus possui uma cápsula de gordura protetora, e a limpeza com estes produtos retira a cápsula e mata o vírus”, afirma Wladimir Queiroz, infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, especialista em doenças infecciosas e parasitárias e membro da Sociedade Brasileira de Infectologia.

A boa notícia é que o coronavírus “não é um vírus muito complicado de matar, pois ele não é resistente no ambiente”, afirma Rosana Richtmann, infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

Qual é a taxa de mortalidade do Coronavírus?

Ainda não há um percentual oficial de mortalidade da Covid-19, causada pelo coronavírus, segundo Nancy Bellei, infectologista, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Embora ainda não exista um percentual oficial, até a última atualização desta reportagem a taxa de mortalidade era de 2% dos casos confirmados na China, primeiro país a registrar casos da doença, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Já fora da China, a taxa registrada foi de 0,7%.

Situação do Coronavírus no Brasil:

No Brasil até o momento tem 182 casos suspeitos de coronavírus, diz Ministério. Até o momento, só um caso foi confirmado. O paciente retornou de Turim, no norte da Itália, na sexta-feira (21/02) e teve o diagnóstico confirmado na quarta-feira (26/02).

O último boletim divulgado mostrou a seguinte distribuição dos casos SUSPEITOS (Em verificação) pelo Brasil: São Paulo (66), Rio Grande do Sul (27), Rio de Janeiro (19), Minas Gerais (17), Bahia (9), Santa Catarina (9), Ceará (6), Pernambuco (5), Paraná (5), Distrito Federal (5), Goiás (5), Rio Grande do Norte (3), Mato Grosso do Sul (2), Espírito Santo (2), Paraíba (1) e Alagoas (1).

Como posso acompanhar os números do Coronavírus no mundo?

No site abaixo você pode acompanhar, no mundo todo, os casos confirmados do Coronavírus:

https://infographics.channelnewsasia.com/covid-19/map.html