PIS: O que é, quem tem direito e como consultar

0
309

O PIS, também conhecido como Abono Salarial é um benefício que boa parte dos trabalhadores de carteira assinada têm direito. Contudo, muita gente não faz ideia do que ele é e como sacar esse benefício.

E em função disso, o número de brasileiros que deixam de receber uma quantia de até um salário mínimo, e que pode fazer toda a diferença nas finanças, só cresce. Por isso, nesse post vamos explicar do que se trata o PIS, como saber se você tem direito a esse benefício, e como efetuar o saque.

Confira!

O que é o PIS?

PIS nada mais é do que uma sigla para Programa de Integração Social (PIS). Essa é uma iniciativa criada através da Lei Complementar n° 7/1970.

O objetivo do Programa é integrar o trabalhador ao desenvolvimento da empresa e com o setor de empresa de modo geral.

E dentro desse programa um dos benefícios concedidos é o abono salarial, que é popularmente conhecido apenas por PIS.

Nesse benefício, o trabalhador recebe anualmente um valor que pode chegar até um salário mínimo, conforme os dias trabalhados no ano de base.

Quem tem direito ao PIS?

Para receber o abono salarial o trabalhador deve ter trabalhado ao menos 30 dias no ano de base. Ou seja, para receber em 2020 você precisa ter trabalho ao menos um mês registrado em 2019.

Além disso, por ser um benefício voltado para pessoas de baixa renda, ele é concedido para quem ganha até dois salários mínimos. O contribuinte também precisa estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos.

Outro requisito obrigatório é que os dados relacionados ao vínculo de trabalho devem ter sido enviados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano de base, dentro prazo estabelecido pelo Ministério do Trabalho.

E quanto as cotas PIS?

As cotas PIS são diferentes do abono salarial. Na verdade, elas dizem respeito aos créditos depositados pelos empregadores no Fundo PIS/PASEP, entre o período de 1971 e 1988.

Normalmente esses valores são liberados no momento que a pessoa se aposenta. Contudo, muitos trabalhadores ainda têm direito a sacar esse benefício, que pode ser consultado diretamente no site da Caixa Econômica Federal.

Como consultar o PIS online?

O PIS pode ser consultado diretamente no site da Caixa Econômica Federal, que é responsável por gerenciar esse benefício. No caso do primeiro acesso, é necessário fazer um cadastro na plataforma.

E para isso você deve seguir os passos abaixo:

  1. O primeiro passo é que você acesse o site da Caixa Econômica Federal através desse link;
  2. Em seguida você precisará digitar o número do seu CPF ou NIS/PIS;
  3. Clique em Não Sou um Robô para fazer a verificação de segurança;
  4. Agora clique na opção Cadastrar/Esqueci senha;
  5. Uma nova janela irá se abrir com os termos e condições de uso. Leia com atenção e depois clique em Aceito;
  6. Um formulário de inscrição irá aparecer na sua tela. Preencha os campos indicados com os dados solicitados;
  7. Clique em Confirmar;
  8. Nessa etapa do processo será necessário criar uma senha de até 8 dígitos. O ideal é que você não use dados pessoais, como datas de aniversário, e também não utilize senhas sequenciais, como 1234 ou ABCD;
  9. Repita a senha no campo indicado;
  10. Aguarde enquanto o sistema finaliza o seu cadastro.

Depois que você criar a sua senha é só acessar novamente o site e informar seu login e senha. Em seguida, clique na aba de PIS, nela você poderá verificar todas as informações sobre o seu abono salarial, desde quanto há disponível até o dia em que ele será liberado.

Outras formas de consultar o PIS

Além do portal da Caixa Econômica Federal, existem outras formas de você consultar o PIS. Uma delas é através do telefone.

Para isso, basta ligar para o número 0800 726 0207, que é da Central de Atendimento do Banco. Mas, importante, antes de efetuar a sua ligação sempre tenha em mãos o seu CPF, RG e carteira de trabalho.

Isso porque, ao longo do atendimento algumas informações serão solicitadas.

Você também pode fazer esse tipo de consulta pelo Aplicativo da Caixa. Ele está disponível de forma totalmente gratuita para dispositivos iOS e Android.

Para baixar, é só acessar a loja de aplicativos do seu celular e procurar por Aplicativo Caixa Trabalhador. Além de saber informações sobre o abono salarial, você também pode consultar dados sobre o seguro desemprego e outros benefícios.

Como sacar o PIS?

Antes de qualquer coisa, sempre consulte o seu benefício em um dos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal. Neles, é possível saber tanto o valor disponível, como, também, o dia de pagamento.

Além disso, anualmente o banco também disponibiliza um calendário de pagamentos no seu portal. Nele, é possível conferir as datas de liberação conforme o mês de aniversário do contribuinte.

Existem várias formas de você sacar o valor desse benefício. No caso dos trabalhadores que possuem o Cartão Cidadão e a senha dele, é possível sacar tanto nos terminais de autoatendimento do Banco, como, também, nos Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas.

Para quem ainda não possui esse cartão, é possível ir diretamente em uma das agências bancárias da Caixa Econômica Federal com um documento oficial de identificação e o número do PIS. O trabalhador poderá sacar diretamente em um dos balcões de atendimento.

Além disso, também já é possível aproveitar para solicitar o cartão e cadastrar a senha dele, facilitando assim os próximos saques.

Já no caso de quem é correntista da Caixa Econômica Federal, o valor do benefício é depositado diretamente na conta. Para isso, basta que ela tenha movimentação nos últimos meses e saldo mínimo de R$1,00.

Conclusão

O PIS é um direito do trabalhador que atua de carteira assinada e que atende os requisitos do programa. Por isso, não deixe de ficar de olho todos os anos para os dias de liberação. Assim você receberá um valor extra anualmente para utilizar da forma que desejar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here